Conteúdos --> Informações

Falecimento do Senhor Dr. Francisco José da Conceição Espadinha


Na sequência do falecimento do Senhor Dr. Francisco José da Conceição Espadinha, ocorrido no passado dia 2 de setembro de 2020, a Fundação Casa de Macau presta sentida homenagem à sua memória.

Insigne macaense, empresário notável e sempre dedicado à edição, o Dr. Francisco José da Conceição Espadinha constituiu a maior editora nacional, Editorial Presença, que muito contribuiu para a divulgação da cultura escrita.

Dotado de uma argucia excecional e sempre exímio na coerência das linhas editoriais com as mais variadas correntes do pensamento, foi um gestor exemplar ao longo de toda a vida, grande parte da qual dedicada aos horizontes da cultura literária, conquistando pelo exemplo e rigor a primazia do mundo editorial nacional.

Foi, o Dr. Francisco José da Conceição Espadinha, merecedor do reconhecimento da Nação através das honras honoríficas com que as mais altas instâncias nacionais lhe prestaram, num honroso reconhecimento da sua notável personalidade como cidadão empenhado, detentor de uma craveira cultural excecional posta ao serviço de todos, mantendo um rigor de gestão dos seus negócios que permitiram consolidar, desenvolver e garantir o futuro das empresas que criou.

Macaense dedicado às suas origens, prestou orgulhosamente toda a sua vida associativa à defesa dos ideais macaenses, participando ativamente na vida das instituições macaenses em Portugal, nomeadamente como sócio da Casa de Macau, da qual integrou, com grande entusiasmo e dedicação, os Corpos Sociais.

Foi fundador da Fundação Casa de Macau, onde exerceu variados cargos, terminando a sua distinta colaboração como Presidente do Conselho de Curadores da mesma.

No momento da despedida, honramos a sua memória lembrando o excecional exemplo que deixa de dedicação à causa macaense e que para sempre norteará todas as instituições afetas àquela causa e ao ideário macaense.

Na ocasião, a Fundação Casa de Macau apresenta à família do Exmo. Senhor Dr. Francisco José da Conceição Espadinha respeitosos sentimentos.


Fundação Casa de Macau